Como escolher modelos de calça para bebê

Não sabe quais modelos de calça para bebê comprar? Este guia completo foi elaborado para ajudá-lo nesse processo, destacando os principais pontos a serem considerados ao adquirir calças para bebês. 

Desse modo, você garantirá não apenas o conforto, mas também o estilo e praticidade para as trocas de fralda!

Principais modelos de calça para bebê

Calça culote com pé reversível

O modelo de calça para bebê culote pé reversível oferece diversas vantagens. Essa peça versátil combina a praticidade de um culote, que é fácil de vestir e permite movimentos confortáveis, com a funcionalidade de pés reversíveis, eliminando a necessidade de meias adicionais. 

Isso mantém os pezinhos do bebê aquecidos sem preocupações com meias perdidas. Além disso, o ajuste elástico na cintura garante um encaixe suave e adaptável, acompanhando o crescimento do bebê.

Mijão

O “mijão” é projetado para facilitar as trocas de fraldas, evitando a necessidade de remover completamente as calças. Com cintura elástica e pernas folgadas, o mijão proporciona conforto e mobilidade para o bebê. Além disso, a ampla variedade de cores, estampas e tecidos disponíveis permite escolher opções adequadas para diferentes situações e estações do ano. Sua praticidade e design funcional tornam o mijão uma escolha inteligente para os pais e uma peça confortável para os bebês.

Calça bebê com saia

A calça para bebê com saia é uma opção encantadora e prática. Combinando a funcionalidade das calças com o charme de uma saia, essa peça oferece estilo e conforto. Ela é ideal para permitir que as bebês explorem e brinquem livremente, sem deixar de lado a elegância. 

O cós elástico garante um ajuste suave e facilita as trocas de fraldas. Além disso, a variedade de cores e estilos disponíveis possibilita escolher opções para diversas ocasiões. A calça bebê com saia é uma escolha versátil que agrega um toque de fofura ao guarda-roupa dos pequenos.

Calça bebê: como escolher

Escolher roupas para bebês é um desafio, afinal, além de nos preocuparmos com a mobilidade, também queremos garantir conforto térmico para os pequenos. Mas como atender a todos os requisitos desta missão se os bebês sabem comunicar como estão se sentindo.

A pele dos bebês é delicada e fica em contato constante com suas roupas. Portanto, escolher tecidos suaves, como algodão ou malha, é essencial. Esses materiais proporcionam conforto, respeitando a sensibilidade da pele do bebê. 

Além disso, o caimento adequado das roupas e a liberdade de movimento também são importantes para permitir que o bebê explore o mundo ao redor sem limitações.

Confira abaixo 3 dicas para não errar na hora de escolher modelos de calça para bebê.

1. Dê preferência para tecidos adequados

Na escolha de calças para seu bebê, priorize tecidos naturais e respiráveis, como o algodão orgânico. Na Yuk’s, por exemplo, todas as peças são 100% algodão orgânico.

Esses materiais são delicados, hipoalergênicos e menos propensos a gerar irritações na pele sensível do bebê. 

Evite tecidos sintéticos, que podem limitar a circulação de ar e causar desconforto ao pequeno. Optar por opções que favorecem a respiração da pele é fundamental para o conforto do bebê.

2. Facilidade de vestir

Quando se trata de bebês, especialmente dos recém nascidos, a praticidade na hora de vestir é um fator importante tanto para o bebê quanto para os pais.

Opte por calças com elástico na cintura, pois são simples de vestir e se ajustam ao crescimento do bebê. Evite botões e zíperes que podem causar dificuldades aos pais durante as trocas de fraldas. Se preferir calças com esses detalhes, certifique-se de que sejam de fácil manuseio e sem partes pontiagudas que possam incomodar o bebê.

3. Lembre-se das fraldas!

Lembre-se das fraldas hora de escolher a calça do seu bebê! Prefira modelos com cós mais alto ou elástico ajustável na cintura, proporcionando espaço adequado para as fraldas. Dessa forma, você evita que a calça fique apertada ou cause desconforto ao bebê, garantindo seu bem-estar.

4. Estilo

É claro que praticidade e conforto sempre serão as principais preocupações, mas isso não significa que o estilo da peça não deva ser considerado!

No mercado você encontra uma ampla variedade de estilos de calças para bebês.

5. Calças de Bebê Multifuncionais 

Calças que possuam características extras podem ser uma escolha inteligente. Alguns designs vêm com joelheiras reforçadas, ideais para bebês que estão começando a engatinhar. Além disso, bolsos decorativos não só adicionam estilo, mas também um elemento funcional.

6. Opte por calças soltas

Roupas infantis devem proporcionar conforto, permitindo que as crianças brinquem e se movam facilmente. Portanto, evite modelos muito apertados, como as calças no estilo skinny. Dando preferência para modelos de calças mais soltinhas, garantindo a mobilidade essencial para o dia a dia do seu filho.

Tamanhos de calça para bebê

Os tamanhos de roupas infantis são determinados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Confira a tabela abaixo e saiba como escolher o tamanho correto para o seu bebê.

Tamanho Idade
PP Recém-nascido
P Até 3 meses
M 3 a 6 meses
G 6 a 9 meses
GG 9 a 12 meses
1 12 a 18 meses
2 18 meses a 2 anos
3 3 anos

Como garantir a segurança do seu bebê

Sempre que comprar calças novas para o seu bebê, certifique-se de que não contenham partes soltas, como botões, que possam ser engolidas, representando um risco de asfixia. 

Evite também modelos de calça com cordões longos na cintura, pois podem apresentar perigo de estrangulamento. 

Conheça os modelos de calça para bebê da Yuk’s!

A Yuk’s é uma loja especializada em roupas infantis, oferecendo uma ampla seleção de peças para bebês confeccionadas com 100% algodão de alta qualidade. Valorizamos o conforto e a suavidade que o algodão proporciona.

Nossa ampla seleção de roupas de algodão para bebês e crianças de até um ano atende a diversas necessidades, desde peças básicas até opções mais estilosas e encantadoras. Conheça alguns dos modelos de calça para bebê que você encontra na nossa loja online.

Calça bebê suedine

A “Calça bebê suedine” é uma escolha confortável e versátil para os pequenos. Feita com material suave de suedine, composto por 100% algodão, proporciona conforto e qualidade. Seu elástico na cintura garante um ajuste perfeito, facilitando o vestir e o uso diário. 

Disponível nos tamanhos P, M e G, e em cores como amarelo verão, azul marinho, chiclete, preto e vermelho, essa calça unissex combina praticidade com estilo, tornando-a uma adição encantadora ao guarda-roupa do seu bebê.

Calça cãozinho

A “Calça Cãozinho” é uma opção adorável e prática para os meninos. Com detalhe bordado de cãozinho, essa calça suedine oferece estilo e conforto em um só pacote. 

Equipada com elástico na cintura e bolsos laterais, é uma peça conveniente para uso diário. Com composição de 100% algodão, ela garante suavidade e qualidade. 

Disponível nos tamanhos P, M e G, nas cores azul marinho, preto e verde safira, essa calça adiciona um toque de charme ao guarda-roupa dos pequenos, perfeita para criar looks encantadores e prontos para a diversão.

Calça estampa ursos

Com design de ursos estampados, a Calça estampa ursos oferece estilo e praticidade. Equipada com elástico na cintura, é fácil de vestir e oferece um ajuste confortável. Feita com composição 100% algodão, garante maciez e qualidade. 

Disponível nos tamanhos RN, P, M e G, em cores como azul jeans, laranja fornalha e rosa boneca, essa calça é uma adição charmosa ao guarda-roupa, ideal para criar visuais adoráveis e aconchegantes para os pequeninos.

 

– Leia também: Qual o melhor site para comprar roupa infantil? 7 motivos para escolher a Yuk’s

 

Look infantil masculino: dicas e inspirações para o visual dos pequenos

Sem sombra de dúvidas, escolher as roupinhas é uma das partes mais gostosas do cuidado dos pequenos. Mas às vezes a ocasião ou a falta de criatividade transformam essa diversão em uma tarefa difícil. Mas não se preocupe, você não está só nesta missão!

Ao montar o look infantil masculino, é importante considerar o conforto, as cores e as peças que combinam com o estilo do seu filho. Neste artigo, preparamos um passo a passo com dicas para ajudar a escolher as roupas masculinas infantis ideais para cada ocasião e acertar na composição do visual.

Banner para o blog da Yuk's

7 dicas para montar um look infantil masculino

Além de lindas, é importante que as crianças estejam confortáveis! Portanto, um look infantil masculino confortável para meninos de 0 a 3 anos é muito importante para garantir que eles possam se mover livremente e aproveitar o dia a dia sem restrições. 

Para te ajudar nessa missão, separamos 7 dicas para não errar na hora de escolher um look que seja prático e adequado para as necessidades dos seus filhos:

1.Considere a idade do seu filho

Bebês e crianças pequenas têm necessidades diferentes quando se trata de roupas. Bebês precisam de roupas que sejam fáceis de vestir e trocar, enquanto crianças um pouco maiores podem usar roupas mais elaboradas e detalhadas — contanto que não comprometa sua mobilidade.

2.Escolha tecidos confortáveis

Roupas infantis devem ser feitas de tecidos macios e confortáveis, como algodão, que não irritem a pele sensível do bebê ou da criança.

3.Pense na praticidade

As roupas devem ser fáceis de colocar e tirar, especialmente se o bebê precisar ser trocado com frequência. Roupas com botões de pressão ou zíperes são uma ótima opção.

4.Use as cores com sabedoria

Se seu filho é pequeno, invista em roupas de cores neutras como branco, cinza, preto e marrom. Elas são uma ótima escolha para bebês e crianças pequenas porque são versáteis e podem ser combinadas com outras peças facilmente.

Mas, se o seu filho já tem um aninho ou mais, além dessas peças-chave, invista em roupinhas coloridas e divertidas! 

O segredo para abusar das cores e garantir um look infantil harmonioso e bem coordenado, é combinar as peças com tons que se complementam.

Em geral, cores mais vibrantes são ideais para ocasiões descontraídas, como passeios no parque ou visitas aos avós. Já as cores mais escuras e sóbrias são mais apropriadas para eventos formais, como casamentos e formaturas.

5.Inclua acessórios

Quer montar um look masculino infantil estiloso, mas não sabe como? O truque é investir em  bons acessórios.

Por exemplo, em um look para piquenique infantil, bonés e óculos de sol são acessórios indispensáveis. Já em outras ocasiões, um relógio, chapéu e meias divertidas podem acrescentar um toque especial à composição!

É importante, no entanto, lembrar-se do conforto e da segurança dos pequenos na hora de escolher os acessórios, evitando peças que possam ser perigosas ou limitar seus movimentos durante as brincadeiras.

6.Considere o clima 

É importante escolher roupas adequadas para o clima. Nos dias mais quentes, opte por roupas mais leves e frescas, enquanto em dias mais frios, escolha roupas mais quentes e confortáveis. Ou invista em peças que permitam a construção de camadas.

Dessa forma, seu filho pode ficar confortável mesmo depois de entrar em ambientes aquecidos ou resfriados.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Yuk’s (@yuksoficial)

7.Permita que seu filho se expresse

Escolher a própria roupa é um bom exercício para que seu filho aprenda a ser independente. Além de dar a ele a chance de expressar sua personalidade através de cores e estampas que ele gosta mais.

Dito isso, permita que seu filho escolha algumas peças de roupa ou acessórios para se expressar e desenvolver sua própria identidade.

Look infantil masculino: Dúvidas frequentes

Como montar um look infantil masculino para festa?

Para montar um look infantil masculino para festa, é importante considerar o tema da festa. A ocasião é uma festinha infantil? Dê preferência por cores vivas, adicione acessórios relacionados ao tema da festa e escolha sapatos confortáveis. 

Além disso, pode ser uma boa ideia permitir que seu o filho participe da escolha também é importante para que ele possa desenvolver sua própria identidade.

Como montar um look infantil masculino para casamento?

Montar um look infantil masculino para casamento pode parecer um desafio, mas com as dicas certas, pode ser fácil e divertido. Opte por cores clássicas, adicione acessórios e escolha sapatos confortáveis.

Como montar um look infantil masculino social?

A ocasião pede uma roupa um pouco mais formal? Invista em uma blusa social com uma calça de linho. Cores claras e pastéis são sempre uma boa escolha, mas os pais também podem optar por uma camisa com uma estampa discreta ou um tom mais escuro.

 

E, caso a criança se sinta confortável, pense em adicionar uma gravata borboleta ou gravata tradicional, suspensórios e cintos para dar um toque especial ao look social.

Look infantil masculino: Inspirações Yuk’s

Conjunto blusa manga longa com calça Skate

Conjunto blusa manga longa com calça Skate

O conjunto de blusa de manga longa é uma peça versátil e pode ser usada em diversas ocasiões para crianças de 1 a 3 anos, desde eventos casuais até atividades mais formais. Alguns exemplos de ocasiões em que o conjunto pode ser usado incluem:

  • Passeios no parque ou na praia;
  • Visita aos avós ou amigos da família;
  • Aniversários infantis;
  • Festa de família ou churrasco;
  • Eventos religiosos;
  • Fotos de família.

2-3321-MENTA-GELADO-AZUL-MARINHO-600x600

Por exemplo, blusas mais leves e coloridas podem ser usadas em dias quentes, enquanto blusas mais quentes e neutras podem ser usadas em dias frios. Também é possível complementar o conjunto com acessórios adequados para cada ocasião, como bonés, sapatos, óculos de sol e meias.

Conjunto bebê Body Manga Longa com Jardineira Cãozinho

CONJUNTO BEBÊ BODY MANGA LONGA COM JARDINEIRA CÃOZINHO TÉO

O conjunto de body manga longa com jardineira de cãozinho é uma peça fofa e confortável para bebês de 0 a 1 ano. Esse conjunto é uma ótima opção para diversas ocasiões, incluindo:

  • Encontros casuais com a família e amigos;
  • Passeios no parque ou na praia;
  • Aniversários de crianças pequenas;
  • Ensaios fotográficos;
  • Chás de bebê.

O conjunto é versátil e pode ser adaptado para diferentes condições climáticas, usando meias, sapatos e jaquetas apropriadas. Além disso, acessórios como bonés  podem complementar o conjunto e torná-lo ainda mais charmoso. 

É importante lembrar que, para bebês, o conforto deve ser priorizado em todas as ocasiões, então os pais devem escolher roupas macias e adequadas para as atividades previstas.

Conjunto bebê Jardineira com Body manga longa Urso Tedi

CONJUNTO BEBÊ JARDINEIRA COM BODY MANGA LONGA URSO TEDI

O conjunto de jardineira com body manga longa de urso Tedi é uma opção adorável para bebês de 0 a 1 ano e pode ser usado em diversas ocasiões. Algumas sugestões de ocasiões para usar esse conjunto incluem:

  • Encontros casuais com a família e amigos;
  • Passeios no parque ou na praia;
  • Aniversários de crianças pequenas;
  • Ensaios fotográficos;
  • Chás de bebê.

Para adaptá-lo a diferentes condições climáticas, é possível combinar o conjunto com meias, sapatos e jaquetas apropriados. A escolha de acessórios como bonés, pode complementar o visual do bebê. Ainda assim, reforçamos que é essencial priorizar o conforto ao escolher as roupas do bebê.

Mamãe, gostou das nossas dicas? Seguindo nosso passo a passo, você deixará seu menino estiloso e confortável para qualquer ocasião. Visite o nosso site para conferir mais inspirações para look infantil masculino.

Como montar uma loja de roupas infantil? Confira guia completo

Se você está buscando informações sobre como montar uma loja de roupas infantil, é importante avaliar as possibilidades de investimento nesse mercado promissor. Segundo relatórios do Sebrae, em 2012, o mercado infantil movimentou cerca de R$16 bilhões e apresentou um crescimento de 14%.

 

Os números são ainda mais significativos quando consideramos o setor têxtil. A Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) divulgou que a moda infantil representa 16% do setor têxtil brasileiro, com um crescimento médio anual de 6%.

 

Além disso, as micro e pequenas empresas representam 90% do setor de vestuário infantil, o que destaca a possibilidade de sucesso na revenda de roupas para crianças.

 

Com uma loja de roupas infantil, você pode explorar a criatividade, acompanhar as tendências da moda e, principalmente, fazer parte do desenvolvimento das crianças, oferecendo produtos de qualidade e bom gosto para esse público tão especial.

 

Continue a leitura e confira as seguintes informações sobre o assunto:

 

  • Passo a passo de como montar uma loja de roupas infantil
  • Qual é o investimento necessário para abrir uma loja de roupa infantil?
  • Qual é a margem de lucro de uma loja de roupas infantil?
  • O que uma loja infantil precisa ter?
  • Como atrair clientes para loja infantil?
  • Seja um revendedor Yuk’s!

 

Passo a passo de como montar uma loja de roupas infantil

Montar uma loja de roupas infantil pode ser um empreendimento emocionante e gratificante.

 

Para começar, você precisará seguir alguns passos importantes para garantir que sua loja seja bem-sucedida.

 

Aqui está um passo a passo para ajudá-lo a montar uma loja de roupas infantil:

 

1. Faça uma pesquisa de mercado

Antes de abrir sua loja de roupas infantil, é importante realizar uma pesquisa de mercado para identificar as tendências e necessidades do mercado local. Analise a concorrência, os preços, as preferências dos clientes e as lacunas que podem ser preenchidas.

 

2. Escolha o local

Encontre um local para a sua loja que seja acessível, visível e adequado para o seu público-alvo. Considere fatores como tráfego de pedestres, estacionamento, visibilidade e custo do aluguel.

 

3. Defina seu público-alvo

Determine quem são seus clientes alvo. Você pode optar por se concentrar em um nicho específico, como roupas de bebê ou roupas para crianças de 2 a 10 anos, por exemplo.

 

4. Escolha seus fornecedores

Identifique os fornecedores de roupas infantis que oferecem produtos de qualidade a preços razoáveis. Considere fornecedores nacionais e internacionais e verifique suas avaliações de qualidade e confiabilidade.

 

Banner para o catálogo de roupas infantis para revenda da Yuks

 

5. Crie uma marca

Crie uma marca para sua loja que reflita a personalidade e a mensagem que deseja transmitir. Crie um logotipo para loja infantil, escolha um esquema de cores e crie um site e uma presença nas mídias sociais.

 

– Leia também: Como escolher nomes para loja de roupa infantil? Confira 7 dicas úteis

 

6. Adquira as licenças e autorizações necessárias

Certifique-se de obter as licenças e autorizações necessárias para operar sua loja de roupas infantil de acordo com as leis locais e estaduais. Isso pode incluir licenças comerciais, fiscais e de segurança.

 

7. Configure sua loja

Configure sua loja com um layout atraente e funcional. Considere a disposição dos racks de roupas, as áreas de mudança de provas, as áreas de exibição de produtos e a iluminação.

 

8. Contrate funcionários

Contrate funcionários que sejam qualificados e apaixonados por moda infantil. Eles devem ser capazes de ajudar os clientes a escolher roupas, responder perguntas sobre produtos e oferecer um excelente atendimento ao cliente.

 

9. Promova sua loja

Promova sua loja para atrair clientes. Considere a publicidade em mídia local, mídias sociais, criação de parcerias com escolas, participação em eventos infantis, além da realização de promoções especiais e programas de fidelidade.

 

Seguindo esses passos, você poderá criar uma loja de roupas infantil bem-sucedida. Lembre-se de que a dedicação e a perseverança são essenciais para superar as dificuldades iniciais e garantir o sucesso a longo prazo.

 

– Leia também: Inauguração de loja infantil: 10 dicas de como fazer

 

Qual é o investimento necessário para abrir uma loja de roupa infantil?

Antes de começar um novo negócio, é importante planejar financeiramente. Dessa forma, fica mais fácil prever os investimentos necessários e se preparar para montar a estrutura da sua loja.

 

Para te ajudar, montamos uma tabela com o investimento necessário para abrir uma loja de roupa infantil.

Despesa Custo Médio
Aluguel do espaço R$ 3.000 – R$ 5.000/mês
Reforma e decoração do espaço R$ 5.000 – R$ 10.000
Estoque inicial de produtos R$ 20.000 – R$ 30.000
Equipamentos e mobiliário (prateleiras, balcões, etc.) R$ 10.000 – R$ 15.000
Sistema de ponto de venda e controle de estoque R$ 5.000 – R$ 7.000
Marketing e publicidade inicial R$ 3.000 – R$ 5.000
Registro da empresa e licenças necessárias R$ 2.000 – R$ 3.000
Contratação e treinamento de funcionários R$ 8.000 – R$ 10.000
Capital de giro inicial R$ 20.000 – R$ 30.000
Seguro da loja R$ 1.500 – R$ 2.500

 

Tenha em mente que esses números são apenas uma estimativa e podem variar dependendo da localização, tamanho da loja e outras circunstâncias específicas.

 

Também é importante lembrar que esses valores remetem apenas aos custos iniciais. Ou seja, também é preciso considerar as despesas mensais regulares, como salários, aluguel, contas de energia, água, internet, telefone e outros custos operacionais.

 

Abrir uma loja física não faz parte dos seus planos? Tudo bem! Também elaboramos uma estimativa para empreendedores que querem saber como abrir uma loja virtual de roupas.

 

Despesa Custo Médio
Registro da empresa e licenças necessárias R$ 2.000 – R$ 3.000
Desenvolvimento do site e hospedagem R$ 5.000 – R$ 10.000
Compra de domínio R$ 100 – R$ 500/ano
Estoque inicial de produtos R$ 20.000 – R$ 30.000
Sistema de controle de estoque e vendas R$ 3.000 – R$ 5.000
Marketing e publicidade inicial R$ 3.000 – R$ 5.000
Embalagens e envio dos produtos R$ 2.000 – R$ 4.000
Capital de giro inicial R$ 20.000 – R$ 30.000
Seguro da loja virtual R$ 500 – R$ 1.500

 

Qual é a margem de lucro de uma loja de roupas infantil?

A margem de lucro de uma loja de roupas infantis gira em torno de 30%. Essa margem leva em consideração os custos fixos e variáveis que compõem o preço final de venda. Por outro lado, no caso da revenda de roupas, a margem de lucro pode chegar até 100%.

 

O que uma loja infantil precisa ter?

Para abrir e montar uma loja de roupas infantil, tanto em um espaço físico quanto virtual, é preciso ter algumas estruturas e processos básicos em funcionamento. Algumas das principais estruturas/processos necessários são:

 

Loja Offline:

  • Espaço físico adequado para receber clientes;
  • Mobiliário e decoração atrativos;
  • Sistema de iluminação adequado;
  • Estoque organizado;
  • Sistema de controle de estoque e vendas eficiente;
  • Sistema de segurança (câmeras, alarmes);
  • Funcionários capacitados e treinados para atendimento ao cliente;
  • Materiais de apoio para o atendimento (sacolas, embalagens, etiquetas, etc.);
  • Marketing e divulgação da loja.

Loja Online:

  • Site funcional e responsivo;
  • Estoque organizado e atualizado;
  • Sistema de controle de estoque e vendas eficiente;
  • Sistema de segurança (certificado SSL, criptografia de dados);
  • Política de frete e entregas;
  • Meios de pagamento online seguros;
  • Materiais de apoio para o atendimento (embalagens, etiquetas, etc.);
  • Marketing e divulgação da loja online.

 

Como já foi dito anteriormente, tanto para lojas offline quanto online, é preciso fazer um planejamento estratégico financeiro detalhado, considerando as despesas fixas e variáveis do negócio, e estabelecer um plano de negócios consistente para garantir a viabilidade da empresa.

 

– Leia também: Gestão de loja infantil: confira 7 dicas de como fazer um bom gerenciamento

 

Como atrair clientes para loja infantil?

Se você tem pesquisado sobre como abrir uma loja de roupas, uma de suas preocupações deve ser como conquistar seus primeiros clientes.

 

Quando se está começando do zero e precisa criar um público, é importante considerar algumas estratégias de marketing e divulgação. Abaixo, listamos quatro dicas que podem ajudar nesse processo:

 

  1. Utilize as redes sociais: As redes sociais são uma excelente ferramenta para divulgar a loja e seus produtos. Crie perfis no Instagram, Facebook e outras redes sociais relevantes para o público-alvo da loja e poste conteúdos interessantes e atrativos. É importante também interagir com os seguidores, respondendo dúvidas e comentários.
  2. Ofereça descontos e promoções: Oferecer descontos e promoções é uma forma eficaz de atrair clientes para a loja. Por exemplo, ofereça descontos para os primeiros clientes, faça promoções de lançamento de coleções ou crie um programa de fidelidade com vantagens para os clientes mais frequentes.
  3. Invista em marketing de conteúdo: O marketing de conteúdo é uma estratégia que consiste em criar conteúdos relevantes e informativos para o público-alvo da loja, com o objetivo de atrair e engajar clientes. Por exemplo, crie um blog com dicas de moda infantil, tendências e cuidados com as crianças.
  4. Participe de eventos e feiras: Participar de eventos e feiras é uma forma de divulgar a loja e seus produtos para um público mais amplo. Procure eventos relacionados ao universo infantil, como feiras de artigos para bebês e crianças, e exponha seus produtos de forma criativa e atrativa.

 

Além dessas dicas, é importante lembrar que um atendimento de qualidade e produtos de alta qualidade são fundamentais para fidelizar clientes e conquistar a confiança do público-alvo da loja.

 

– Leia também: Como divulgar sua loja de roupa infantil?

 

Seja um revendedor Yuk’s!

Oferecer produtos de qualidade é a chave para o sucesso na revenda de roupa infantil. Afinal, pais e mães procuram por roupas duráveis, que suportem as lavagens sem desbotar ou desgastar, enquanto as crianças precisam de tecidos confortáveis que lhes proporcionem mobilidade e desenvolvimento adequado.

 

Porém, é difícil encontrar no mercado produtos que possuam essas qualidades e ainda tenham um preço competitivo. É por isso que a fornecedora de roupas infantis Yuk’s tem se dedicado desde 1993 a atender a essa necessidade do mercado.

 

Trabalhamos com tecidos de algodão brasileiro que oferecem todo o conforto que as crianças precisam para se movimentar. Além disso, nossas coleções contam com um mix perfeito de peças neutras e divertidas, permitindo que os pais criem looks para todas as ocasiões.

 

Junte-se a nós na revenda de moda infantil de qualidade! Entre em contato e descubra as vantagens de trabalhar com uma das maiores marcas do segmento.

 

Banner para contato com a Yuk's

Gestão de loja infantil: confira 7 dicas de como fazer um bom gerenciamento

Se você chegou até aqui, provavelmente busca fortalecer a sua marca e a melhor ferramenta é prezar por uma boa gestão de loja infantil.

 

Aqui no blog vimos como o mercado infantil tem se mostrado um setor lucrativo, movimentando cerca de R$16 bilhões ao ano. No entanto, surfar nessa crescente exige alguns cuidados e conhecimentos.

 

Nesse artigo vamos apresentar o papel da gestão no crescimento e fortalecimento de uma empresa, e te presentear com 7 dicas para um bom gerenciamento.

 

Gostou? Continue a sua leitura!

 

Banner para o catálogo de roupas infantis para revenda da Yuks

 

Qual é a importância de uma boa gestão?

A gestão, como o próprio nome indica, é o ato de gerenciar pessoas, processos, ativos e estratégias para garantir que esses pilares estejam alinhados com os objetivos do negócio.

 

Quando bem-feita, ela é essencial para a sobrevivência do empreendimento. De acordo com o Sebrae, a falta de gestão empresarial é um dos principais fatores que levam os negócios à falência no Brasil.

 

Enquanto empresas que investem em gestão são capazes de melhorar produtos, otimizar processos, investir em capacitação e se manter atualizada em relação às novidades do setor.

 

7 dicas para uma boa gestão de loja infantil

1. Não descuide do fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um documento através do qual você registra todas as entradas e saídas de dinheiro da sua empresa. Sempre acompanhando a identificação da movimentação, bem como a quantia.

 

Manter o fluxo de caixa atualizado permite que você não seja pego de surpresa com contas a pagar e nem se esqueça de cobrar seus devedores. Além disso, ele permite que você identifique oportunidades para reduzir custos ou observe discrepâncias nos registros.

 

Se você tiver dedicação e cuidado, seu fluxo de caixa vai se transformar em uma base histórica. Ou seja, uma ferramenta que possibilita identificar a sazonalidade dos produtos, aceitação do público, entre outros dados que você precisa para tomar decisões estratégicas.

 

– Leia também: Como precificar roupas infantis? Aprenda a fazer o cálculo certo e evite erros

 

2. Preze pela qualidade

A gestão pode ser dividida em várias áreas e uma delas é a gestão de qualidade. Essa estratégia de gerenciamento passa por todas as etapas do negócio, desde a administração, escolha da matéria-prima, seleção de colaboradores qualificados, até métodos de produção com o mínimo desperdício.

 

Confira 5 atividades que você precisa incluir na sua gestão de qualidade:

 

  • Verifique a origem da matéria prima: garanta que seus fornecedores prezem pela qualidade, ética e sustentabilidade na produção de suas peças.
  • Faça pesquisas de satisfação: O feedback de quem compra pode abrir novas maneiras de pensar o produto ou serviço.
  • Acompanhe seu desempenho: Avalie o desempenho constantemente e tome decisões com base em fatos e dados concretos.
  • Corrija erros: Ao identificar falhas, solucione-as por ordem de prioridade, começando com o problema mais crítico.
    Invista na melhoria contínua: A estrutura “PDCA” (Planejar, Fazer, Checar e Agir) é estratégica para manter o aprendizado na empresa. Trabalhe para não repetir falhas, registre as soluções e promova melhorias contínuas.

 

– Leia também: Revender roupa infantil: por que esse é um bom negócio e como escolher bons fornecedores

 

3. Renegocie suas dívidas

Empreender e investir são atividades intimamente relacionadas. Mas, principalmente no começo, pode ser que os lucros não cheguem na mesma proporção ou velocidade que os boletos.

 

Se você está passando por isso, mantenha a calma, entre em contato com o seu gerente e renegocie suas dívidas

.

Além de preservar a sua relação com stakeholders você garante prazos e juros mais acessíveis para cumprir todos os compromissos fechados.

 

4. Planeje com antecedência

O erro mais frequente na administração e gestão de loja infantil é focar nas atividades do dia a dia e esquecer de planejar. É importantíssimo analisar o seu negócio e entender quais são suas forças e fraquezas e quais são as oportunidades e ameaças.

 

Essa análise permite que você use suas forças para se defender das ameaças e aproveitar as oportunidades. Além disso, o seu diagnóstico vai facilitar a missão de traçar planos de ação para eliminar suas fraquezas.

 

– Leia também: Planejamento estratégico: entenda o que é e como fazer

 

5. Organize seu tempo

Uma das piores coisas que podem acontecer é começar o dia perdendo tempo por falta de organização e preparo. Se a sua agenda está cheia, comece definindo as prioridades daquele dia.

 

Separe suas atividades em:

 

  • Tarefas importantes e urgentes: que são aquelas que devem ser feitas imediatamente.
  • Tarefas importantes, mas não urgentes: defina uma data para realizá-las.
  • Tarefas urgentes, mas não importantes: delegue para alguém de sua confiança.
  • Tarefas nem urgentes nem importantes: mova para o fim da fila.

 

6. Delegue tarefas

Eu sei que a vontade de abraçar o mundo para dar conta de tudo é grande. Mas se você não dá conta da demanda atual, pense em contratar ajuda. Treine e capacite seus colaboradores para que eles consigam desempenhar as tarefas que você necessita.

 

Assim, você ganha tempo para focar nas partes mais estratégicas do negócio, enquanto seu funcionário lida com a parte operacional.

 

7. Não tenha medo de errar

Cometer erros é uma parte importante do aprendizado. Use esses erros para crescer, mudar e renovar. E lembre-se, é melhor cometer pequenos erros que impulsionam o seu desenvolvimento do que grandes erros lentos que podem levar sua empresa à falência.

 

– Leia também: Como fidelizar clientes na sua loja de roupa infantil?

 

Gostou do artigo? Continue no blog da Yuk’s. Somos uma marca de roupas infantis que atende os públicos B2C e B2B, ou seja, somos tanto uma loja de roupas infantil quanto uma fornecedora de roupas infantis, e temos diversos textos sobre o assunto!

 

Banner para contato com a Yuk's

Revender roupa infantil: entenda por que esse é um bom negócio

Não importa se você é um pequeno empreendedor ou se é uma loja local que busca diversificar o catálogo. Revender roupa infantil é uma atividade que vem se destacando cada vez mais!

 

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias de moda faturaram cerca de R$ 22 bilhões em 2021. E quem optou por investir na revenda de roupas infantis saiu na frente.

 

Deborah Lima Machado, consultora sênior de negócios da Goakira destaca algumas vantagens do setor. Segundo ela, o investimento no setor de roupas infantis é menor que nos demais e “permite o retorno de investimento 24 ou 36 meses – em alguns casos, até menos do que isso”.

 

Se interessou pelo tema? Continue a leitura e confira: 

 

  • Por que investir em roupa infantil para revenda?
  • Roupa infantil direto da fábrica: qual é a margem de lucro esperada?
  • 3 dicas para revender roupa infantil
  • Como a Yuk’s pode te ajudar a revender roupa infantil?

 

Banner para o catálogo de roupas infantis para revenda da Yuks

 

Por que investir em roupa infantil para revenda?

Com tantas opções de revenda disponíveis, é importante entender o contexto atual dos setores antes de escolher qual produto revender. Em matéria publicada em junho de 2022 pelo Sebrae, o Instituto avaliou o mercado de moda infantil como grande e lucrativo. 

 

Vamos conferir o que dizem os números?

 

Mesmo com vários setores em recessão, o setor têxtil conseguiu continuar crescendo. A Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) apontou que, em 2021, além de crescer em média 6% ao ano no Brasil, a moda infantil representa 16% do setor têxtil nacional.

 

Além disso, a moda infantil é um dos poucos nichos em que é fácil manter o relacionamento com o cliente e estimular a recompra. Afinal, já reparou na velocidade em que os bebês crescem? 

 

Ao investir, por exemplo, em uma marca de roupa infantil que vista crianças de 0 aos 3 anos, você ganha a oportunidade de vestir os pequenos por muito tempo!

 

– Leia também: Gestão de loja infantil: confira 7 dicas de como fazer um bom gerenciamento

 

Roupa infantil direto da fábrica: qual é a margem de lucro esperada?

 

Agora que você já sabe que a revenda de roupas infantis tem potencial, é hora de analisar outros aspectos. Dessa vez mais voltados para o seu negócio. Vamos a eles?

 

Bom, vamos começar falando sobre a margem de lucro. Esse indicador financeiro equivale à porcentagem do preço de um produto ou serviço que corresponde ao lucro da empresa.

 

Enquanto lojas de roupa infantil possuem uma margem de lucro de até 30%, a margem de lucro da revenda de roupas infantis pode chegar até 100%. Isso porque os revendedores não possuem custos fixos e variáveis tão altos quanto os lojistas.

 

Ficou empolgada, mas não sabe por onde começar? No próximo tópico abordamos dicas que vão te ajudar a montar uma estratégia de sucesso.

 

3 dicas para revender roupa infantil

1. Saiba onde você vai revender as roupas infantis

Pense na estrutura que você tem disponível e no quanto está disposto a investir. Com isso em mente, considere qual a melhor opção para você: abrir uma loja em um espaço físico, montar uma loja virtual, trabalhar com a venda de roupa infantil em domicílio ou vender em casa.

 

2. Identifique seu público-alvo

O público-alvo fica mais claro conforme você vai aprendendo sobre o seu produto. Por exemplo, se você pensa em revender roupinhas para recém nascidos, seu público-alvo são pais, tios, avós e padrinhos. 

 

Mas, se você também deseja revender roupinhas para crianças de até 3 anos, seu pequeno cliente também deve ser considerado!

 

Sim, a gente sabe que no final das contas são os adultos que vão efetuar a compra. Mas escolher produtos de qualidade, com estampas divertidas e malhas confortáveis vão conquistar pais e filhos.

 

3. Divulgue seus produtos

Uma boa divulgação é o primeiro passo para garantir que o seu público saiba sobre você. Para escolher a que melhor atende às suas necessidades, é importante considerar alguns pontos.

 

Por exemplo, você planeja abrir uma loja virtual? Nesse caso deve concentrar o seu tempo e investimentos em ações online – seja por meio das redes sociais, blog, site ou anúncios pagos.

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Yuk’s (@yuksoficial)

 

Mas se seus planos incluem uma loja física também é importante incluir ações de marketing offline como eventos presenciais, rodas de conversa, além de garantir que o espaço seja bonito e acolhedor.

 

– Leia também: Como divulgar sua loja de roupa infantil?

 

Como a Yuk’s pode te ajudar a revender roupa infantil?

A chave para obter sucesso ao revender roupa infantil é oferecer produtos de qualidade. Afinal, mamães e papais precisam de roupinhas duráveis (que aguentem as lavagens sem esgarçar ou desbotar) e as crianças precisam de tecidos que ofereçam o conforto e a mobilidade necessários para se desenvolverem.

 

Mas você já percebeu como é difícil encontrar no mercado, produtos com essas qualidades num valor competitivo? Nós também! Por isso, desde 1993 a Yuk’s trabalha para atender a essa necessidade do mercado.

 

Somos uma marca de roupas infantis que atende os públicos B2C e B2B, ou seja, somos tanto uma loja de roupas infantis quanto uma revendedora de roupas infantis!

 

Trabalhamos com tecidos de algodão brasileiro, que oferecem todo o conforto que os pequenos precisam para engatinhar e correr. Além disso, todas as nossas coleções trazem o mix perfeito de peças neutras e divertidas. Para que mamães e papais brinquem com as combinações e criem looks para todas as ocasiões.

 

Faça parte do time de revendedores Yuk’s! Clique abaixo para saber mais sobre as vantagens de trabalhar com uma das maiores marcas de moda infantil.

 

– Leia também: A importância de ter marcas de qualidade na sua loja de roupa infantil

 

Banner para contato com a Yuk's