Gestão de loja infantil: confira 7 dicas de como fazer um bom gerenciamento

Se você chegou até aqui, provavelmente busca fortalecer a sua marca e a melhor ferramenta é prezar por uma boa gestão de loja infantil.

 

Aqui no blog vimos como o mercado infantil tem se mostrado um setor lucrativo, movimentando cerca de R$16 bilhões ao ano. No entanto, surfar nessa crescente exige alguns cuidados e conhecimentos.

 

Nesse artigo vamos apresentar o papel da gestão no crescimento e fortalecimento de uma empresa, e te presentear com 7 dicas para um bom gerenciamento.

 

Gostou? Continue a sua leitura!

 

Banner para o catálogo de roupas infantis para revenda da Yuks

 

Qual é a importância de uma boa gestão?

A gestão, como o próprio nome indica, é o ato de gerenciar pessoas, processos, ativos e estratégias para garantir que esses pilares estejam alinhados com os objetivos do negócio.

 

Quando bem-feita, ela é essencial para a sobrevivência do empreendimento. De acordo com o Sebrae, a falta de gestão empresarial é um dos principais fatores que levam os negócios à falência no Brasil.

 

Enquanto empresas que investem em gestão são capazes de melhorar produtos, otimizar processos, investir em capacitação e se manter atualizada em relação às novidades do setor.

 

7 dicas para uma boa gestão de loja infantil

1. Não descuide do fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um documento através do qual você registra todas as entradas e saídas de dinheiro da sua empresa. Sempre acompanhando a identificação da movimentação, bem como a quantia.

 

Manter o fluxo de caixa atualizado permite que você não seja pego de surpresa com contas a pagar e nem se esqueça de cobrar seus devedores. Além disso, ele permite que você identifique oportunidades para reduzir custos ou observe discrepâncias nos registros.

 

Se você tiver dedicação e cuidado, seu fluxo de caixa vai se transformar em uma base histórica. Ou seja, uma ferramenta que possibilita identificar a sazonalidade dos produtos, aceitação do público, entre outros dados que você precisa para tomar decisões estratégicas.

 

– Leia também: Como precificar roupas infantis? Aprenda a fazer o cálculo certo e evite erros

 

2. Preze pela qualidade

A gestão pode ser dividida em várias áreas e uma delas é a gestão de qualidade. Essa estratégia de gerenciamento passa por todas as etapas do negócio, desde a administração, escolha da matéria-prima, seleção de colaboradores qualificados, até métodos de produção com o mínimo desperdício.

 

Confira 5 atividades que você precisa incluir na sua gestão de qualidade:

 

  • Verifique a origem da matéria prima: garanta que seus fornecedores prezem pela qualidade, ética e sustentabilidade na produção de suas peças.
  • Faça pesquisas de satisfação: O feedback de quem compra pode abrir novas maneiras de pensar o produto ou serviço.
  • Acompanhe seu desempenho: Avalie o desempenho constantemente e tome decisões com base em fatos e dados concretos.
  • Corrija erros: Ao identificar falhas, solucione-as por ordem de prioridade, começando com o problema mais crítico.
    Invista na melhoria contínua: A estrutura “PDCA” (Planejar, Fazer, Checar e Agir) é estratégica para manter o aprendizado na empresa. Trabalhe para não repetir falhas, registre as soluções e promova melhorias contínuas.

 

– Leia também: Revender roupa infantil: por que esse é um bom negócio e como escolher bons fornecedores

 

3. Renegocie suas dívidas

Empreender e investir são atividades intimamente relacionadas. Mas, principalmente no começo, pode ser que os lucros não cheguem na mesma proporção ou velocidade que os boletos.

 

Se você está passando por isso, mantenha a calma, entre em contato com o seu gerente e renegocie suas dívidas

.

Além de preservar a sua relação com stakeholders você garante prazos e juros mais acessíveis para cumprir todos os compromissos fechados.

 

4. Planeje com antecedência

O erro mais frequente na administração e gestão de loja infantil é focar nas atividades do dia a dia e esquecer de planejar. É importantíssimo analisar o seu negócio e entender quais são suas forças e fraquezas e quais são as oportunidades e ameaças.

 

Essa análise permite que você use suas forças para se defender das ameaças e aproveitar as oportunidades. Além disso, o seu diagnóstico vai facilitar a missão de traçar planos de ação para eliminar suas fraquezas.

 

– Leia também: Planejamento estratégico: entenda o que é e como fazer

 

5. Organize seu tempo

Uma das piores coisas que podem acontecer é começar o dia perdendo tempo por falta de organização e preparo. Se a sua agenda está cheia, comece definindo as prioridades daquele dia.

 

Separe suas atividades em:

 

  • Tarefas importantes e urgentes: que são aquelas que devem ser feitas imediatamente.
  • Tarefas importantes, mas não urgentes: defina uma data para realizá-las.
  • Tarefas urgentes, mas não importantes: delegue para alguém de sua confiança.
  • Tarefas nem urgentes nem importantes: mova para o fim da fila.

 

6. Delegue tarefas

Eu sei que a vontade de abraçar o mundo para dar conta de tudo é grande. Mas se você não dá conta da demanda atual, pense em contratar ajuda. Treine e capacite seus colaboradores para que eles consigam desempenhar as tarefas que você necessita.

 

Assim, você ganha tempo para focar nas partes mais estratégicas do negócio, enquanto seu funcionário lida com a parte operacional.

 

7. Não tenha medo de errar

Cometer erros é uma parte importante do aprendizado. Use esses erros para crescer, mudar e renovar. E lembre-se, é melhor cometer pequenos erros que impulsionam o seu desenvolvimento do que grandes erros lentos que podem levar sua empresa à falência.

 

– Leia também: Como fidelizar clientes na sua loja de roupa infantil?

 

Gostou do artigo? Continue no blog da Yuk’s. Somos uma marca de roupas infantis que atende os públicos B2C e B2B, ou seja, somos tanto uma loja de roupas infantil quanto uma fornecedora de roupas infantis, e temos diversos textos sobre o assunto!

 

Banner para contato com a Yuk's

Mercado infantil: conheça as principais vantagens de investir nesse setor

Quando o assunto é investir, seja para começar um negócio do zero ou expandir, é importante avaliar as possibilidades. E, se tratando do mercado infantil no Brasil, as projeções são extremamente positivas.

 

De acordo com os relatórios do Sebrae, em 2021, o mercado infantil movimentou cerca de R$16 bilhões e obteve um crescimento de 14%. 

 

Esses números chamam ainda mais atenção quando analisamos os resultados do setor têxtil. No segundo semestre de 2022, a Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) divulgou que, além de crescer em média 6% ao ano no Brasil, a moda infantil representa 16% do setor têxtil brasileiro.

 

 

E, dentro dessa fatia, as micro e pequenas empresas representam 90% do setor de vestuário. O que chama a atenção para o sucesso obtido através da revenda de roupas infantis.

 

Ficou interessado? Continue lendo e confira em detalhes:

 

  • 4 vantagens de atuar e investir no mercado infantil
  • 4 dicas para se destacar no mercado de roupas infantis
  • Conheça a Yuk’s, líder no mercado infantil

 

Banner para o catálogo de roupas infantis para revenda da Yuks

 

4 vantagens de atuar e investir no mercado infantil

1. Está sempre em alta

Parece bobagem dizer, mas quem trabalha com o mercado infantil, lida com um público que está constantemente crescendo e se renovando

 

Ao mesmo tempo em que sempre tem novos bebês precisando de roupinhas, eles também crescem muito rápido. E estão sempre precisando de novos itens para completar o enxoval.

 

Ou seja, esses pequenos consumidores demandam bastante roupas em um curto espaço de tempo.

 

2. Alto giro de estoque

Um dos maiores desafios dos investidores é encontrar negócios que possuem alto giro de estoque. No mercado infantil, especialmente no setor de vestuário isso é uma realidade.

 

Assim como as crianças que estão sempre crescendo e precisando de novas peças de roupa, as coleções e os estoques estão sendo constantemente renovados.

 

Fique atento às estações do ano, tendências e aproveite as coleções para ter um estoque sempre atualizado. 

 

3. Sempre surge uma nova tendência

As crianças estão interferindo cada vez mais na decisão de compra. De acordo com o estudo “Crianças brasileiras”, realizado pelo IBGE em parceria com a Dotz, “88% dos pais são influenciados pelos filhos quando estão fazendo compras”.

 

Eles querem estampas divertidas, temáticas, coloridas e com cortes estilosos. Então fique antenado para surfar nesta onda e conseguir bons resultados!

 

4. Sazonalidade baixa

Lembra do que conversamos lá no primeiro tópico? Crianças crescem rápido demais. E dificilmente usam a mesma roupinha por mais de um ano. Dessa forma, fica muito mais fácil manter um fluxo constante de vendas, sem uma sazonalidade alta.

 

No entanto, é importante estar atento e se preparar para datas como Natal, Ano Novo e Dia das Crianças; feriados festivos que sempre movimentam os setores do mercado infantil.

 

Vantagens de investir no mercado infantil

 

4 dicas para se destacar no mercado de roupas infantis

O mercado infantil possui uma concorrência tão grande quanto o tamanho do seu público. Portanto, é importante saber quais estratégias de venda adotar para se destacar dos demais.

 

Listamos aqui, 5 dicas que nossos revendedores usam para se destacar no mercado de roupas infantis

 

1. Tenha um catálogo diversificado

Com rotinas cada vez mais corridas, pais e mães procuram lojas que atendam todas as suas necessidades. Ou seja, sai ganhando quem consegue reunir peças diferentes e de qualidade!

 

Por exemplo, tenha roupinhas para RN, mas não deixe de lado as roupas para bebês de 1 a 12 meses. Se puder, dedique também um espacinho para as crianças de até 3 anos.

 

Outra forma de diversificar o catálogo é oferecer roupas para meninos e roupas para meninas, estampas temáticas e até mesmo diferentes peças (de babadores a jardineiras).

 

2. Crie um espaço online atrativo

O número de vendedores trabalhando online aumentou bastante na pandemia. Seja pela vantagem de trabalhar com marketplaces, seja pela facilidade de vender para famílias de todo o Brasil, cada vez mais empreendedores estão criando seus espaços online.

 

Se você está começando agora não precisa exagerar no investimento. Pode começar com um perfil nas redes sociais. Mostrando as peças disponíveis e criando uma ponte entre a sua loja e potenciais clientes.

 

Pense nas redes sociais como a sua vitrine virtual e utilize-as para:

 

  • Destacar produtos;
  • Anunciar novidades e promoções;
  • Tirar dúvidas;
  • Compartilhar o catálogo disponível;
  • Divulgar o link do seu WhatsApp para finalizar sua venda.

 

– Leia também: Saiba como divulgar sua loja de roupa infantil

 

3. Invista em influenciadores

O boca a boca ainda é uma das melhores formas de popularizar a sua loja. Se isso for feito por alguém com uma audiência gigantesca é melhor ainda, né?

 

Por isso, os influenciadores continuam sendo uma estratégia muito interessante para quem busca atender um público maior na venda de roupas infantis. No entanto, é importante pesquisar com cuidado para garantir que o influenciador escolhido tem afinidade com a sua marca e possui uma boa taxa de engajamento.

 

4. Crie um relacionamento com seus clientes 

É muito mais fácil e barato vender para quem já te conhece. Portanto, nutrir a relação de um cliente com a sua marca é a melhor forma de manter as vendas entrando.

 

Pense bem, crianças sempre estão precisando de uma roupa nova. Seja para um aniversário, passeio ou para substituir as que não cabem mais. Se você é capaz de manter contato e produzir conteúdo relevante, os pais se lembrarão de você e voltarão para comprar mais peças.

 

Conheça a Yuk’s, líder no mercado infantil

Yuk's: líder no mercado infantil

 

A chave para obter sucesso no mercado infantil é oferecer produtos de qualidade. Mas você já percebeu como é difícil encontrar roupas infantis num valor competitivo? 

 

Nós também! Por isso, desde 1993 a Yuk’s trabalha para atender a essa necessidade do mercado.

 

Somos uma marca de roupas para crianças que atende os públicos B2C e B2B, ou seja, somos tanto uma loja de roupas infantis quanto uma revendedora de roupas infantis!

 

Trabalhamos com tecidos de algodão brasileiro, que oferecem todo o conforto que os pequenos precisam para engatinhar e correr. Além disso, todas as nossas coleções trazem o mix perfeito de peças neutras e divertidas, para que mamães e papais brinquem com as combinações e criem looks para todas as ocasiões.

 

Faça parte do time de revendedores Yuk’s! Clique no banner abaixo para saber mais sobre as vantagens de trabalhar com uma das maiores marcas de moda infantil.

 

Banner para contato com a Yuk's

 

– Leia também: Como montar uma loja de roupas infantil? Confira guia completo