Inauguração de loja infantil: 10 dicas de como fazer

Preparar uma inauguração de loja infantil pode ser um desafio e tanto, principalmente se é a sua primeira experiência com o mercado infantil.

 

Afinal, é preciso conquistar tanto as crianças quanto os adultos, pois são eles que decidem sobre a compra.

 

Porém, com um planejamento adequado, é possível arrasar neste momento e chamar a atenção para a sua marca. A chave está em combinar elementos que atraiam as crianças e que também despertem a nostalgia dos adultos.

 

Quer descobrir como preparar a inauguração perfeita para a sua loja infantil? Confira este artigo completo e aproveite todas as dicas! Boa leitura!

 

Banner para o catálogo de roupas infantis para revenda da Yuks

 

10 dicas para arrasar na inauguração de loja infantil

Quer saber como fazer uma inauguração de loja infantil? Estas 10 dicas vão te ajudar a criar um momento especial para seus clientes e para a sua marca.

 

1. Transforme a inauguração em um momento especial

Um momento tão especial como a inauguração do seu negócio merece uma comemoração em grande estilo. Para celebrar as suas conquistas e para iniciar o seu relacionamento com os seus clientes.

 

Varejistas, influenciadores e quaisquer meios de comunicação que possam estar interessados em cobrir o seu evento. Essa é uma ótima maneira de gerar publicidade positiva para a sua nova loja.

 

2. Planeje eventos na loja

Inaugurar uma loja é muito mais que apenas abrir as portas e permitir que os consumidores entrem e comprem.

 

Pense em tornar sua inauguração uma ocasião única. No caso de uma loja infantil, por exemplo, pode ser uma tarde de brincadeiras para as crianças, um um curso voltado para mamães de primeira viagem. O importante é criar um evento exclusivo relacionado aos seus produtos.

 

3. Crie expectativa nas redes sociais

Depois de decidir seus planos para a inauguração, é hora de começar a espalhar a notícia. Use as redes sociais, e-mail e o bom e velho boca a boca para informar as pessoas sobre o seu evento.

 

Utilize plataformas conhecidas como Facebook, Instagram e TikTok para deixar seu público animado com a abertura da sua nova loja.

 

Você pode usar hashtags, realizar concursos e postar prévias da loja antes do grande dia. Nesse caso, criar um evento oficial no Facebook também é uma jogada inteligente. Como ele aparece nas buscas locais, isso ajudará a promover a sua inauguração.

 

Dessa forma, mesmo que um usuário do Facebook nunca tenha ouvido falar do seu negócio, eles podem encontrar o seu evento se estiverem procurando coisas para fazer na vizinhança.

 

– Leia também: Como divulgar sua loja de roupa infantil?

 

4. Ofereça brindes e descontos

Ofereça aos seus clientes promoções e descontos especiais no dia da inauguração. Você também pode oferecer brindes, cartões de fidelidade ou realizar um sorteio de prêmios maiores. Isso incentivará as pessoas a irem à sua loja e conferirem as novidades, mesmo depois da grande inauguração.

 

5. Convide clientes especiais para uma pré-inauguração

Pense na pré-inauguração como um evento VIP reservado para amigos, familiares, clientes frequentes, investidores e outras pessoas com vínculos próximos com a empresa ou proprietário.

 

Começar com uma pré-inauguração permite que você comece a criar expectativa e antecipação para o seu evento principal.

 

Durante a pré-inauguração, você pode reunir imagens, avaliações e outros conteúdos para usar na promoção da inauguração oficial. Você ainda pode incentivar as inscrições por e-mail ou seguir nas redes sociais se não quiser realizar um evento público importante, realizando um lançamento discreto.

 

Isso pode ser feito por meio de um evento somente com convite ou fornecendo aos seus apoiadores um link de acesso antecipado e um código de desconto.

 

6. Sinalize o seu endereço

Para visitar a sua loja, seus clientes precisam saber onde você está! Portanto, é importante que você se certifique de que sua loja seja facilmente identificável colocando placas em locais estratégicos pela cidade.

 

Aqui estão mais algumas sugestões para sinalização comercial:

 

  • Use ads voltados para a sua localização: Assim, pessoas que vivem ou trabalham perto da sua loja verão anúncios da sua inauguração;
  • Balões, faixas e placas: Essas adições divertidas podem chamar a atenção para a sua loja;
  • Distribua panfletos: Divulgue a existência da sua nova loja distribuindo panfletos nas áreas residenciais próximas à sua localização.

 

7. Se envolva com a sua comunidade

Uma estratégia fantástica para atrair clientes para a sua inauguração é colaborar com uma instituição de caridade local para arrecadar fundos para seus projetos.

 

Estabelecer sua marca como solidária e atrair uma população generosa pode ser feito por meio de arrecadação de fundos, patrocínios e doações diretas.

 

Escolha uma instituição de caridade que seja próxima ao seu coração ou que apoie a sua comunidade e destine os recursos obtidos na inauguração para essa causa.

 

8. Faça parcerias com outras empresas

Verifique se as empresas da região estão dispostas a fazer parceria com você para a sua inauguração.

 

Você pode convidar diversos fornecedores para participar do seu evento, e as opções são infinitas. Parcerias empresariais expõem sua marca a um público específico e já estabelecido, que já confia nela.

 

Você também pode se unir a uma loja próxima para uma promoção conjunta ou um sorteio, preferencialmente uma que não seja concorrente direta.

 

9. Capriche a trilha

Músicas animadas são um ótimo recurso para garantir um ambiente animado, divertindo as crianças e colocando os pais no clima da loja, ou até mesmo influenciar o consumidor a passar mais tempo na loja e até mesmo a comprar mais.

 

10. Mantenha a loja limpa, espaçosa e convidativa

Vá além com a decoração. Adicione elementos interativos, como cabines de fotos ou estações de colorir configuradas em toda a sua loja.

 

Por fim, garanta que sua equipe seja amigável e acolhedora, para que todos que entrem se sintam parte da família. Divirta-se! As inaugurações acontecem apenas uma vez, então certifique-se de aproveitar esse momento importante!

 

– Leia também: Vitrine criativa infantil: dicas para chamar a atenção das crianças e pais

 

Banner para contato com a Yuk's

 

Ainda não está na fase de inauguração? No nosso blog você encontra um guia completo para montar a sua loja de roupas infantis. Leia nosso artigo “Como montar uma loja de roupas infantil? Confira guia completo“.

Como precificar roupas infantis? Aprenda a fazer o cálculo certo e evite erros

Não importa se você tem uma loja, se vende seus produtos em casa ou se vai de porta em porta atrás de clientes, seu objetivo deve ser o lucro. E para garantir a lucratividade do seu negócio no setor de moda para crianças, você precisa saber como precificar roupas infantis.

 

Adotar uma boa estratégia de precificação te ajuda a atrair bons clientes, aumenta o número de vendas e, consequentemente, impacta o seu faturamento.

 

Falando assim parece simples. Mas, na verdade, quando falamos especificamente da precificação de roupas infantis, sabemos que muitas coisas estão envolvidas no processo de compra. Valor, tendências, qualidade, design das peças e a marca das roupas são alguns dos fatores que o cliente considera no momento da compra.

 

Para te ajudar nessa missão, vamos falar aqui sobre como precificar roupas infantis. Continue lendo e confira:

 

  • O que é precificação?
  • Como precificar roupas infantis? Conheça 3 formas de precificação
  • Seja um revendedor Yuk’s!

 

Banner para o catálogo de roupas infantis para revenda da Yuks

 

O que é precificação?

Precificação é a técnica utilizada para atribuir algum valor/preço a um determinado produto ou serviço. 

 

Sendo: 

 

  • Preço: determinada quantia paga por um produto ou serviço;
  • Valor: importância atribuída ao produto/serviço e o que ele proporciona para o cliente. Portanto, o valor não pode ser estimado em dinheiro e pode ser diferente para cada cliente.

 

Agora que você sabe o que é precificação e como diferenciar preço de valor, podemos avançar para os principais tipos de precificação.

 

Como precificar roupas infantis? Conheça 3 formas de precificação

Toda estratégia tem seus pontos positivos e negativos. Então ao escolher a sua estratégia de precificação, é importante entender quais os tipos que existem e com isso definir qual o modelo ideal para o seu negócio.

 

1. Precificação baseada na concorrência 

Como o próprio nome sugere, essa estratégia de precificação se baseia no estudo dos preços adotados pelos concorrentes. Talvez esse seja o método mais simples e, por isso, é amplamente adotado por varejistas.

 

A precificação com base na concorrência é uma boa ferramenta para garantir o valor competitivo. Uma vez que ela permite que seus preços não sejam nem muito abaixo nem muito acima do que é cobrado no mercado.

 

Além disso, ele permite que você entenda como funciona a precificação na sua região (no caso de lojas físicas e presenciais) e na internet.

 

No entanto, é importante considerar que sua realidade nem sempre é igual a do seu concorrente. Então, ao usar a precificação baseada na concorrência, liste seus custos, objetivos e margem de lucro desejada.

 

Passo a passo: precificação baseada na concorrência

  1. Levante quais são os concorrentes e faça uma pesquisa de preços: Identifique quais são os produtos, qualidade, diferencial, forma de pagamento e, é claro, o preço;
  2. Compare os preços identificados com os produtos do seu estoque: Coloque tudo em uma planilha e cruze as informações levantadas para entender os preços praticados;
  3. Use as informações obtidas para definir o seu preço: Juntou todos os dados necessários? Agora é hora de usar essas informações para definir o preço dos seus produtos.

 

2. Precificação com base na demanda

A lei da oferta e da procura pode influenciar a sua precificação. Por exemplo, durante eventos esportivos como a Copa do Mundo, a procura por blusas da seleção brasileira cresce consideravelmente. Portanto, revendedores podem aumentar o preço, com base na busca.

 

Dessa forma, podemos dizer que a precificação baseada na demanda determina o preço de um produto ou serviço de acordo com o valor atribuído a ele por seus clientes. Ou seja, são baseados no que o seu cliente está disposto a pagar.

 

Passo a passo: precificação com base na demanda

  1. Selecione o público-alvo: Selecione e estude os hábitos de compra do seu público-alvo. Apenas assim você será capaz de atraí-lo até a sua loja;
  2. Faça uma pesquisa com clientes e prospects: Agora que você já selecionou o seu público, chegou a hora de fazer uma pesquisa. Utilize-a para entender quais são os pontos que ele percebe de valor na sua marca e no seu produto;
  3. Organize e apure os dados: Depois que encerrar sua pesquisa, “planilhe” e organize cada resposta. A partir desses dados, você deverá ser capaz de identificar qual valor o público está vendo na sua marca e nos seus produtos.

 

3. Precificação baseada nos custos

Nesta metodologia, o varejista deve calcular todos os custos envolvidos na fabricação, execução, transporte do seu produto e a partir daí adicionar a margem de lucro. Chegando assim ao preço de venda do produto/serviço.

 

Essa estratégia também pode ser conhecida como mark-up (índice aplicado sobre o custo de um produto ou serviço ).

 

Passo a passo: precificação baseada nos custos

  1. Comece levantando os custos dos produtos: Se você fabrica, considere os custos de fabricação. Se cuida apenas da revenda, considere os valores de transporte, embalagens, etc.
  2. Inclua suas despesas na conta: As despesas são os gastos que não estão diretamente ligados ao produto, como o aluguel da sua loja. Por isso, coloque todas as despesas no papel para fazer o próximo cálculo do lucro;
  3. Defina o percentual de lucro sobre a venda: Agora que você sabe quais são os custos e despesas sobre a venda pense: quanto você deseja lucrar? Use isso para definir o seu preço de venda.

 

– Leia também: Gestão de loja infantil: confira 7 dicas de como fazer um bom gerenciamento

 

Seja um revendedor Yuk’s!

Somos uma marca de roupas para crianças que atende os públicos B2C e B2B, ou seja, somos tanto uma loja de roupas infantis quanto uma revendedora de roupas infantis!

 

Desde 1993, a Yuk’s trabalha para oferecer roupas de tecidos que promovam o conforto e a mobilidade necessários para as crianças brincarem e se desenvolverem.

 

Trabalhamos com tecidos de algodão brasileiro, que oferecem todo o conforto que os pequenos precisam para engatinhar e correr. Além disso, todas as nossas coleções trazem o mix perfeito de peças neutras e divertidas. Para que mamães e papais brinquem com as combinações e criem looks para todas as ocasiões.

 

Faça parte do time de revendedores Yuk’s! Clique no banner para saber mais sobre as vantagens de trabalhar com uma das maiores marcas de moda infantil.

 

– Leia também: Revender roupa infantil: entenda por que esse é um bom negócio

 

Banner para contato com a Yuk's